segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

O Pilar da Administração

 

É o mais esquecido de todos, quando se fala de microempresários que desejam iniciar um novo negócio. Muitas falências ocorrem por negligenciar este pilar. Sem uma boa administração, todos os esforços, em todos os outros, por melhores que sejam, se perdem, seja a ponto de destruir a empresa, ou diminuir o lucro ou ainda apenas causar dificuldades que venham a impedir seu crescimento. Se o marketing é a alma do negócio, a administração é a circulação sanguínea, que garante nutrientes chegando a todas as partes, para o bom funcionamento de todo o empreendimento.

Sem administração correta, mesmo que o setor de vendas traga números recordes a cada mês ou ano no faturamento e ainda que o operacional esteja estruturado para isso, se não houver uma boa administração, pode escapar pelo ralo uma quantidade maior ainda de dinheiro do que aquela que entrou pelo faturamento.

Podemos entender melhor isso quando percebemos empresas grandes e (aparentemente) consolidadas com dívidas absurdas. É como olhar para aquele amigo que ganha 10 vezes mais que você, todo endividado e se perguntar: como ele consegue, ganhando tanto, ficar tão endividado assim. Como uma empresa, com um alto volume de vendas, de faturamento, consegue ter dívidas, falhar no compromisso com fornecedores, funcionários etc.?

Aquela pergunta estarrecedora para muitos, de como pode alguém ganhar tanto e ainda não ter nada, seja uma pessoa física ou jurídica tem a resposta aqui: administração.

Sem uma boa administração, pode-se ganhar 1 milhão e gastar 2 milhões! Sem uma boa administração, desperdiça-se matéria-prima, material. Sem entender a dinâmica da empresa e o que está acontecendo, pode-se ter um faturamento de 200 mil por mês e, ainda assim, não conseguir pagar contas básicas, como fornecedores, funcionários ou impostos.

A falta da boa administração faz com que muito empresários repita a famosa pergunta: “para onde está indo meu dinheiro?”. Muitos ainda complementam essa pergunta com algumas observações: “eu trabalho tanto, faturo bem, mas não vejo o meu dinheiro”. É mais comum nos microempresários.

A questão é que o dinheiro está lá, está entrando. Algumas vezes de forma farta. Está saindo. Mas algumas vezes para os lugares errados, de forma errada. Empréstimos mal feitos, pedindo dinheiro para o banco, a fim de pagar dívidas do mês, enquanto o estoque envelhece na prateleira ou os funcionários ficam parados, enquanto poderiam produzir outras coisas. Dica: empréstimos é para investimentos e, em casos muito específicos, para emergências. E queda de faturamento não é emergência! Se um empresário não planeja nem prevê tal queda, é porque faltou administração.

Saber-se o potencial da empresa, a disponibilidade para investimento, o percentual que se pode crescer mensal ou anualmente, planejar aumento estrutural, se pode contratar mais um funcionário ou não, se é melhor aumentar o estoque ou investir em processos de entregas mais rápidos, quando é hora de mudar de local etc etc etc. São todas decisões administrativas, feitas com base em informações numéricas, de forma sensata e com o conhecimento necessário.

Muitos dizem que o empresário precisa correr riscos. É verdade. Mas riscos calculados, não aventuras irresponsáveis. O pilar que fornece, desde cedo, para o empresário, a informação necessária para que ele possa decidir o melhor para sua empresa é o pilar administrativo. Sem ele, o empresário vive no escuro. Alguns chamam isso de intuição. Mas um bom empresário que usa sua intuição, a qual não nego ser possível, se é algo que faz constante e que dá certo, pode ter certeza, ele conhece os números, ainda que estejam na sua cabeça e não no papel. A intuição que dá certo vem sempre acompanhada de boas informações e o risco é sempre calculado, planejado, medido.

Administração é essencial para qualquer empresa. Negligenciada pela maioria das que quebram. Mas precisa ser bem feita, de uma forma ou de outra, se deseja-se que a empresa sobreviva, cresça e prospere.


Lucas Durigon


leia também os artigos introdutórios



se gostou deste, compartilhe clicando abaixo

e clique ao lado para seguir e receber novos artigos
___________________________________________
um novo artigo por mês, neste blog
veja outros trabalhos meus, no meu site:

http://lupasoft.com.br/LucasDurigon/

Nenhum comentário:

Postar um comentário